domingo, junho 14, 2009

Na Balada IV: Cuidado com armas!

Mais uma balada das amigas e mais cenas surreais.

Um cara chega para puxar papo com uma das amigas:

- Oi, tudo bom? Eu sou delegado.

A amiga olha para o rapaz mirrado e solta:

- Sei ...

Ele com certa indignação pelo ar de dúvida:

- É sério.

O delegado com um movimento brusco segura a mão da garota e direciona até a região baixa dele. Todas as amigas se assustam. Dai ele fala:

- Pega na minha arma.

Sim, era uma arma de fogo que ele carregava na cintura, para a sorte da garota que quase morreu achando que cometeria um atentado ao pudor forçado.

Nesse dia, a amiga sentiu falta dos rapazes que chegam dizendo que tem um audi, ferrari, helicóptero ou lancha, pelo menos não era obrigada a apalpá-los.

6 comentários:

Clari... disse...

eis o exemplar maravilhoso dos homens de brasília... é só alegria... ://

Lica disse...

É trágico, mas me fez rir. De certa forma me deu saudade dos homens toscos de Brasília. Mas não pensem vocês que os gaúchos são melhores. Em alguns quesitos pode ser bemmmmmm piores!!!!! :(

Amanda disse...

Poxa, tinha a ilusão que os gauchos eram mais clasudos... Mas (com sotaque) tõ vendo era propaganda enganosa :(

Nely ✿ disse...

Putz, que babaca. Se ele ainda mostrasse a identidade funcional, sei lá, seria menos ridículo.
E tbm andar armado não provaria q ele é delegado. Que idiota!
No rio tbm acontece essas coisas, meninas.... a abordagem do carro é + típica.
Ser delegado ou da área policial é fato super escondido, jamais divulgado em baladas e afins já que a chance de ser executado é grande aqui no Rio.

* Qto à polêmica dos gaúchos, já tô imaginando o Daniel comentando nisso aqui. rs

Amanda disse...

Nely, será que o daniel irá defender a honra dos gaúchos? ahaahha

Reforçando que não fui eu q falei mal dos conterrâneos dele.

Ainda mais que adoro o sotaque :)

Nely ✿ disse...

bah, eu tbm acho uma graça o sotaque! rs